Palavra do Padre Haroldo: Túnel do Tempo

A espiritualidade é um alicerce importante para a recuperação do dependente químico que busca uma nova maneira de viver longe das drogas e do álcool. Tanto que no “Túnel do Tempo” de hoje, o padre Haroldo Rahm, fundador do Amor-Exigente e presidente de honra da FEAE (Federação de Amor-Exigente) nos incentiva a deixar que “a palavra de Cristo habite entre vós em toda a sua riqueza”.

A exigência na disciplina tem o objetivo de ordenar e organizar a vida dos pais e dos filhos, de toda a família e também a minha vida. Com base nesse enunciado, o padre reflete a expansão qualitativa e quantitativa de todas as modalidades criminosas que o Brasil enfrenta. “As mortes violentas, antes concentradas em grandes centros urbanos como Recife, Salvador, São Paulo, Vitória e Rio de Janeiro, se espalharam pelo país. São 50 mil mortes violentas por ano no país”, revela o padre, em sua reflexão, publicada originalmente na “RevistAE”, edição de novembro de 2016. “Pouquíssimas dessas mortes são esclarecidas. Mais de meio milhão de brasileiros estão detidos no sistema carcerário. A maioria é jovem, do sexo masculino, com poucas chances de reintegração social”.

O Brasil é hoje o maior consumidor mundial de drogas como o crack e o segundo de cocaína. “O consumo devastador de drogas está chegando mais e mais nas cidades do Nordeste e da Amazonia. Multiplicam-se as cracolândias”, destaca. Em meados de 2015, 350 mil pessoas usavam crack regularmente em São Paulo. O país responde sozinho por 20% do mercado mundial de drogas.

Antigamente, diz o padre, o Brasil era uma rota de passagem para a cocaína da Colômbia, Bolívia e Peru para os Estados Unidos e a Europa. “Hoje, ela para por aqui: 60% da droga produzida na Bolívia tem o Brasil como destino. O tráfico de entorpecentes está fortemente organizado, com dimensões sociais e culturais nunca vistas e com capilaridade nos mais diversos segmentos da sociedade brasileira”.

Contra a Maré – Nadar contra a maré, fazer o movimento contrário, fazer o caminho de volta para a luz são afirmações constantes na vida do dependente químico em recuperação. Nesse sentido, o AE reúne pessoas em busca de ajuda para si mesmas e para informações e instruções. “O AE foi iniciado para servir e ajudar as famílias dos alcoólatras e dos dependentes químicos. O Amor-Exigente internacional ajuda as famílias com os seus 12 princípios destacando as ideias de uma família saudável com união e valores corretos. As redes que o AE pode usar são: Comunidades Terapêuticas, religião, escolas, amigos de trabalho, governo e CAPS-AD”, diz o padre Haroldo.

Ele diz ainda que devemos praticar a persistência e acreditar. “Queremos a vitória da sobriedade. Senhor, talvez eu não tenha boas razões para tudo, mas fazei com que eu seja razoável”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *