O que é SER GENTE?

A dependência química varia seu grau de individuo para individuo, mas o que a maioria dos dependentes químicos, que conhecem o descontrole mais pesado – também chamado de estágio animal – causado pela doença concordam é que, com isso, deixam de ser gente. Mas o que é ser gente? Para André Luiz da Silva Pinto, coordenador regional em Guararapes, no interior paulista, é possível resumir essa resposta em uma palavra: “humanidade”.

O coordenador explica que dentro do contexto ético, ser gente implica em mudança de paradigmas. “No Amor-Exigente, percebi nos participantes uma certa resistência em aceitar que o individuo é livre para fazer as mudanças necessárias na sua vida, entender que o outro é gente também. Então se abre o grande paradigma que ouvimos costumeiramente das pessoas: “Eu sempre fui assim; na minha família todos são assim”. O ser humano desistiu de si mesmo, anulando-se totalmente”, explica André, que completa: “Na concepção humana, desistir de si mesmo é uma incoerência com o projeto de vida, permitindo que sua existência perca o sentido. Precisamos buscar romper tais barreiras”.

Ser gente, não é apenas acompanhar a moda, fazer o que os outros fazem, compartilhar atitudes e pensamentos. De acordo com André, abrir-se totalmente a uma proposta é um tanto doloroso ao indivíduo. Mas como abrir-se?”, o coordenador questiona. O próprio responde: “Reconhecer que é um ser humano, dotado de valores, que erra. Aceitar que o outro também tem as mesmas peculiaridades. Aí está a necessidade de romper paradigmas. Eu, você, devemos nos abrir ao novo, experimentar ser gente”.

Quando deixamos de ser gente – André ainda explica que deixamos de ser gente não respeitamos as diferenças dos outros e sua fragilidade. “Mas também quando permitimos que os outros nos anulem como ser humano”.

Assim, completa o coordenador, estamos sendo incoerentes com a proposta que desejamos vivenciar em nossas vidas. “Aceitar as coisas como elas são, torna-nos às vezes insensíveis. Os pais verdadeiros são aqueles que estão ao lado de seus filhos. São aqueles que sabem o que cada um faz e, por consequência, sabem as dificuldades vivenciadas por eles. São aqueles que compreendem, chamam a atenção no momento necessário e, principalmente, elogiam quando deve ser elogiado”.

Os filhos, alerta André, também precisam viver uma coerência ética familiar. “Assim, todos os membros da família voltarão a se relacionar de forma HUMANIZADORA”.

André deixa ainda uma reflexão inspirada em uma citação bíblica: Caminhando JESUS, viu um homem cego de nascença. E os seus discípulos perguntaram: “Mestre, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Respondeu JESUS: “Nem ele pecou, nem seus pais; mas foi para que se manifestem nele as obras de DEUS”. (JOÃO 9:1-3).




2 thoughts on “O que é SER GENTE?

  1. Gostei muito desta reflexão.
    O pessoal do Amor-Exigente sempre nos trazendo excelentes matérias o que me têm ajudado muito na tentativa de ficar CADA VEZ MELHOR!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.